Pesquisa Nibelung´s Alliance

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Rito de Passagem: Rito do Menarca


Olá a todos, continuando com o assunto dos Rituais Celtas e como é dentro de um Clã Celta, hoje vou falar sobre o Rito do Menarca.

 Voltado inicialmente à devoção e idolatração do feminino na Natureza, este Rito nos mostra exatamente com o Celtismo é uma Religião Matriarcal, onde o feminino esteve por muitas vezes acima do masculino, claro que os tempos mudaram e cada vez mais os homens vem se mostrando dignos do amor da Grande Mãe, no entanto este era um Rito praticado apenas pelas mulheres, mas nos últimos anos os homens também têm participado da cerimônia como o equilíbrio do masculino e feminino e em demonstração de respeito pela nova mulher que pertence ao Coven.

Menarca é como é chamada a primeira mestruação de uma mulher, quando ela deixa de lado sua vida infante e se torna uma mulher, e este rito pode variar na vida de uma mulher entre seus 09 aos 18 anos. A partir desta data a criança que se tornou adulta passa a um novo nível de aprendizado e é retirada de perto das demais crianças e aceita nas rodas dos mais velhos. Onde assumira novas responsabilidades dentro do Coven ao qual pertence.


Muitas mulheres do mundo moderno simplesmente odeiam quando estão “naqueles dias” e utilizam do termo TPM para extravasar toda a raiva, angustia e estresse do cotidiano, mas para uma verdadeira devota da Grande Mãe, estes devem ser os dias de maior orgulho dentro de um mês. Ele representa todo o orgulho que uma mulher pode sentir, ela é saudável, fértil e trará muitas felicidades ao futuro.



A cerimônia em si varia muito de Clã para Clã, mas vou relatar o que fazemos no Clã que eu pertencera. As mulheres mais velhas preparavam bolos, pães e doces para a celebração durante a noite e durante todo o dia a Criança-Mulher era presenteada pelos outros integrantes do Coven. Presentes deste lenços e roupas mais femininas eram o principal, mas cabia ao Patrocinador (para mais detalhes confiram neste mesmo blog aqui e aqui ) dar o presente mais valioso para a Criança-Mulher. O presente demonstra o valor desta jovem dentro do Clã levando em consideração suas novas responsabilidades e futuras posições dentro do Coven.



Meu Patrocinador era meu tio que já era o Grão – Sacerdote do Clã quando passei por este rito e ele me deu um cavalo Mangalarga Marchador preto de 03 anos e que nunca havia sido montado, ele era muito dócil, no entanto era teimoso, eu o nomeei de Cavalo de Fogo . Eu estava começando meu aprendizado para a arte druída e para posteriormente me tornar Grã-Sacerdotisa e o Cavalo de Fogo representava tudo isso e mais um pouco.

O Rito do Menarca é considerado por muitas o Rito mais importante que uma mulher passa e por isto é comemorado com muita comida e vinho e durante os meses que se seguem cabem a nova mulher perpetuar todo o encanto e mistério que há neste dia, mesmo quando dizem que temos pacto com o Diabo por que sangramos sete dias e não morremos. Somos mulheres e temos em nós a força da Natureza, o eterno ciclo da Lua está em nós e mesmo que nos traga algumas dores e sensibilidades, estes devem ser os dias mais felizes e esperados dentro de um mês.



“A Mulher é a dona do maior mistério que há no mundo e mesmo quando entendemos o mistério ele continua sendo valioso.”

2 comentários:

  1. Grande análise sobre aspectos culturais celtas , que valorizavam o que era realmente humano , ótimo post!

    ResponderExcluir